Posts em Destaque

Como os camundongos conseguem se espremer para passar por frestas minúsculas

Há pessoas que não podem ver um camundongo. Sentem medo, nojo, repulsa. Mas esses animais também podem despertar um sentimento mais positivo em quem os observa mais atentamente: admiração. Já percebeu como esses pequenos roedores conseguem passar por buracos minúsculos? Essa habilidade incrível se deve a algumas características de sua anatomia. Um segredo está nos bigodes em seu focinho. É por meio deles que os camundongos exploram o que está à sua volta. Para se ter uma ideia da importância disso para sua percepção do mundo, é preciso olhar dentro de seu cérebro. A parte deste órgão no camundongo dedicada a receber sinais dos bigodes é maior do que a parte que recebe sinais das quatro patas

CENTRO REGISTRA AUMENTO DE 20% NO NÚMERO DE ATENDIMENTOS DE VÍTIMAS DE INTOXICAÇÕES EM PERNAMBUCO

SEGUNDO BALANÇO DO CEATOX, DIVULGADO NESTA SEGUNDA (22), TAMBÉM AUMENTOU A QUANTIDADE DE LIGAÇÕES PARA SERVIÇO TELEFÔNICO DE PRIMEIROS ATENDIMENTOS. Atendimentos após acidentes com escorpiões são os mais comuns no Ceatox-PE (Foto: TV TEM/Reprodução) Um balanço divulgado, nesta segunda-feira (22), aponta o aumento de 20% no número de atendimentos no Centro de Assistência Toxicológica de Pernambuco (Ceatox), em 2017. Entre janeiro e dezembro, foram registrados 12.960 casos de intoxicações após acidentes com animais peçonhentos, como escorpiões, além de problemas envolvendo remédios e venenos. No mesmo período de 2016, houve 10.717 ocorrências. O balanço informa também o aumento de 6% na quanti

FEBRE AMARELA: O PIOR SURTO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS

APÓS A CONFIRMAÇÃO DE NOVAS MORTES NESTE MÊS NO INTERIOR DO ESTADO E NA GRANDE SÃO PAULO, ÓRGÃOS DE SAÚDE ANUNCIAM MEDIDAS PARA COMBATER A DOENÇA. Em 2009, onze pessoas morreram no Estado de São Paulo naquele que era considerado até agora o maior surto de febre amarela das últimas décadas. Em 2017, a preocupação voltou após a doença vitimar dez pessoas em municípios do interior, como Américo Brasiliense, São João da Boa Vista e Batatais, a maioria a cerca de 300 quilômetros da capital. Pois desde o início de 2018 essa apreensão transformou-se em medo real. Do dia 1º até quarta (10), mais seis mortes foram registradas. Ou seja, em duas semanas, o vírus provocou metade do estrago que houve em

FEBRE AMARELA MATOU 12 PESSOAS NO ESTADO DE SÃO PAULO DESDE O ANO PASSADO

Vacina contra febre amarela Divulgação/Prefeitura de Pitangueiras (SP) O surto de febre amarela no estado de São Paulo já causou 12 mortes desde o ano passado e uma pessoa segue internada no Hospital das Clínicas, em estado grave. O caso divulgado mais recentemente é o de um homem, de 69 anos, morador de Guarulhos. Ele morreu em 25 de dezembro, após ter sido infectado em sua chácara, em Nazaré Paulista, município localizado próximo ao limite com a cidade de Mairiporã, ao Norte da Grande São Paulo. Segundo a Secretaria de Saúde de Guarulhos, o resultado da necropsia confirmando a causa da morte foi divulgado neste final de semana, mas a família foi informada sobre os exames solicitados (de le

JÁ NAS GÔNDOLAS O PÃO DE LAGARTA DO BICHO-DA-SEDA

O BICHO-DA-SEDA É SUCULENTO E TEM SABOR DE AVELÃ Capital brasileira da seda a 40 quilômetros de Maringá, Nova Esperança poderá fornecer as lagartas do inseto para… alimentação humana. Como ocorre em alguns países asiáticos, a Europa também se volta para a alimentação composta com insetos, fonte até agora desprezada. A Itália dá a largada produzindo em larga escala neste final de ano o pandoro, um bolo tão típico como o panetone. A diferença entre ambos é que o pandoro, pão dourado ou pão de ouro, tem uma massa especial, porém sem adição de chocolate e frutas cristalizadas. O pandoro que está indo para as gôndolas dos supermercados contêm 20% de farinha da lagarta do bicho-da-seda que tem o s

Posts Recentes
Arquivo
 
 
 
Procurar por tags
Siga-nos
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon

‘‘Quem faz o melhor, faz a diferença.’’

Rodovia PE 53, S/N - Sítio Mojolo Km 25, Feira Nova-PE - CEP 55.715-000

TELS.: (81) 3117.1000 | (81) 3117.1014 - Email: chemone@chemone.com.br

VISITANTE Nº:

© 2020 - CHEMONE INDUSTRIAL QUIMICA DO NORDESTE EIRELI.

CNPJ 03.251.289/0001-00

POR:
ADMA_ÍCONE_GRAFITE.png