Posts em Destaque

CÃES SÃO QUATRO VEZES MAIS INFESTADOS POR PULGAS E CARRAPATOS NO VERÃO

Foi o motorista do táxi que me chamou a atenção para o problema. Falante, o rapaz conseguiu levantar boa parte de minha ficha corrida no curto trajeto entre o aeroporto e meu destino em Curitiba. Logo soube que eu era médica veterinária e, então, decidiu tirar algumas dúvidas. E eram muitas. Daria um livro de perguntas e respostas. Mas uma delas era exatamente se a população de pulgas e carrapatos aumenta no verão ou se era impressão dele de que a cachorra da rua, que a família ajuda a cuidar, fica mais infestada de parasitas nesta época do ano. “Sim, pulgas e carrapatos adoram o verão!”, respondi prontamente. “Mesmo em cidades mais frescas como Curitiba e São Paulo”, completei. Sempre soube

PESQUISADORES CRIAM SORO PARA PICADA DE ABELHAS

Já existe soro contra picada de cobra, aranha, escorpião e lagarto, mas ainda não existia algo para combater o veneno das abelhas. Após 20 anos de pesquisas, o soro antiapílico foi desenvolvido por pesquisadores da Unesp (Universidade Estadual Paulista) em parceria com o Instituto Vita Brazil. De acordo com o veterinário Rui Seabra, pesquisador da Unesp que liderou as pesquisas para o soro, atualmente, são registrados cerca de 15 mil acidentes com abelhas no Brasil, sendo 50 mortes registradas. O veneno da abelha libera muitas substâncias tóxicas, que provocam hemorragias, queda de pressão, tontura, visão turva, destroem as células vermelhas e os músculos, castigam os rins. O novo antídoto a

São Bernardo do Campo confirma 1º caso de febre amarela autóctone

Doença foi diagnosticada em um homem de 35 anos que está internado em uma unidade de terapia intensiva no Hospital de Clínicas, em São Paulo Aedes: paciente, que não havia se vacinado, também não viajou nos últimos meses - o que indica que a doença é autóctone (Luis Robayo/AFP) A prefeitura de São Bernardo do Campo (SP) confirmou o primeiro caso de febre amarela autóctone*, de um homem de 35 anos que está internado em uma unidade de terapia intensiva no Hospital de Clínicas, em São Paulo. O paciente, que não havia se vacinado, também não viajou nos últimos meses – o que indica que a doença é autóctone. A confirmação foi feita pelo laboratório da Faculdade de Medicina da Universidade de São P

Posts Recentes
Arquivo
 
 
 
Procurar por tags
Siga-nos
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon

‘‘Quem faz o melhor, faz a diferença.’’

Rodovia PE 53, S/N - Sítio Mojolo Km 25, Feira Nova-PE - CEP 55.715-000

TELS.: (81) 3117.1000 | (81) 3117.1014 - Email: chemone@chemone.com.br

VISITANTE Nº:

© 2020 - CHEMONE INDUSTRIAL QUIMICA DO NORDESTE EIRELI.

CNPJ 03.251.289/0001-00

POR:
ADMA_ÍCONE_GRAFITE.png