Posts em Destaque

Cinco 'pragas' causam preocupação no DF. Saiba como prevenir infestações

Aedes aegypti, escorpião, barbeiro, carrapato e roedores trazem incômodos a população. Entenda como eles se espalham e as melhores maneiras de prevenção e os tratamentos disponíveis contra algumas doenças que eles causam (foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press) Encontrar ratos pelas ruas de Brasília não é surpresa para os cidadãos. Ter um conhecido que já teve dengue também não é novidade. Estes e outros animais estão se tornando rotina na vida dos brasilienses e trazendo preocupação pelas doenças que transmitem ou por serem venenosos. Ao menos cinco "pragas" estão em evidência nos últimos tempos no Distrito Federal. Entre elas: Aedes egypt, escorpião, barbeiro, carrapato e rato. O Correio traz

Não só comem nossos móveis... cupins também são baratas sociais

Diferentemente do que se pensava, os cupins não formam um grupo específico dentre os insetos. Eles são, na realidade, baratas que vivem em colônias. Essa é a conclusão a que cientistas chegaram após anos de discussão sobre as semelhanças entre os dois tipos de insetos. Em fevereiro deste ano, a Sociedade Americana de Entomologia atualizou sua lista de nome de insetos, classificando os cupins não como uma ordem própria, mas como parte da ordem das baratas. "Esta ideia de que cupins são baratas sociais é antiga, mas agora foi comprovada por estudos moleculares", explica Ana Maria Costa Leonardo, bióloga do Instituto de Biociências da Unesp (Universidade Estadual Paulista) de Rio Claro. Segundo

Família recebe maior compensação de sempre em processo sobre percevejos

Menino de três anos foi parar ao hospital depois de ter sido mordido. Dono do apartamento obrigado a pagar quase 1,6 milhões de dólares. Uma família natural do estado norte-americano da Califórnia vai receber quase 1,6 milhões de dólares (cerca de 1,2 milhões de euros) num processo por causa de percevejos. Recorde-se que este minúsculo bicho, que se alimenta de sangue, é uma das maiores pragas nos Estados Unidos, podendo ser encontrado em camas. De acordo com o New York Times, este é o montante mais elevado alguma vez pago nos Estados Unidos a uma só família, num processo sobre percevejos. Lilliana Martinez, de 34 anos, indicou que os problemas começaram em 2012, no apartamento alugado pela

Adaptados ao ambiente urbano, escorpiões proliferam e picam cada vez mais.

Luiz Carlos Murauskas/Folha Imagem Número de mortes por picadas de escorpiões saltou de 13 para 124 de 2000 a 2016, segundo Ministério da Saúde Eles são pequenos, entre 10 e 12 cm, discretos, noturnos e tímidos, preferindo se esconder em lugares escuros e úmidos, como pilhas de entulhos, frestas em casas, roupas e calçados. Mas quem pisar neles terá uma experiência muito dolorosa e desagradável. Os escorpiões são aracnídeos, que compreendem cerca de 2 mil espécies no mundo e 130 no Brasil, das quais apenas quatro são responsáveis pela maior parte dos ataques a humanos no país - que não são poucos e vêm crescendo. Segundo o Ministério da Saúde, entre 2000 e 2016 o número de vítimas de picadas

Posts Recentes
Arquivo
 
 
 
Procurar por tags
Siga-nos
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon

‘‘Quem faz o melhor, faz a diferença.’’

Rodovia PE 53, S/N - Sítio Mojolo Km 25, Feira Nova-PE - CEP 55.715-000

TELS.: (81) 3117.1000 | (81) 3117.1014 - Email: chemone@chemone.com.br

VISITANTE Nº:

© 2020 - CHEMONE INDUSTRIAL QUIMICA DO NORDESTE EIRELI.

CNPJ 03.251.289/0001-00

POR:
ADMA_ÍCONE_GRAFITE.png