AS MOSCAS SÃO MAIS PERIGOSAS DO QUE PENSÁVAMOS

São transmissores de muitas doenças, mas um estudo norte-americano faz um retrato destes insetos ainda pior do que aquele que já conhecíamos. Tenha sobretudo cuidado com as moscas da cidade… no prato.

Carregam centenas de bactérias causadoras de doenças que podem ser transmitidas aos humanos pela comida, garante um estudo publicado na revista Scientific Reports. As moscas estão entre os insetos mais perigosos enquanto veículos de patologias.

 

Segundo Donald Bryant, bioquímico e um dos autores deste estudo da Universidade da Pensilvânia, EUA, as moscas podem contribuir para a transmissão rápida de agentes patogénicos em situações de surto.

 

Sempre que uma mosca aterra numa superfície como, por exemplo, o seu prato ou o dos seus filhos, deixa um rasto de colónias de micróbios. As asas e as patas são as partes do corpo dos insetos com maior concentração de bactérias.

 

O estudo analisou os germes presentes em 116 moscas comuns e varejeiras e encontrou o helicobacter pylori, causador da úlcera em humanos, em 15 dos insetos analisados.

 

O estudo indica, também, que as moscas urbanas apresentam mais germes do que aqueles que foram encontrados em moscas de zonas rurais. Isto sugere que o número de bactérias presentes nos insetos aumenta em ambientes onde há maior concentração de pessoas.

 

Os perigos são para todos os humanos, mas na presença de crianças deve haver ainda mais cuidado no sentido de eliminar a presença das moscas, já que elas são potenciais transmissoras de doenças aos mais pequenos.

 

Fonte: https://lifestyle.sapo.pt

 

 

 

 

Share on Facebook
Please reload

Posts Em Destaque

RN TEVE 2,3 MIL PICADAS DE ESCORPIÕES

04.01.2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo