MULHER É PICADA POR ESCORPIÃO DENTRO DE ÔNIBUS DA TUA


Foto: Semus/Divulgação


A operadora de telemarketing Patrícia Martins da Silva, 24 anos, foi picada por um escorpião dentro de um ônibus da TUA (Transportes Urbanos Araçatuba) e, ao chegar ao pronto-socorro municipal, mesmo relatando que tinha sofrido um acidente com o aracnídeo, foi orientada a esperar sua vez para ser atendida.


O caso aconteceu na tarde de sexta-feira (30). Patrícia embarcou no ônibus que faz a linha Vilela por volta das 13h, na Avenida Prestes Maia, no Jardim TV. Ela sentou em um banco na parte dianteira do veículo e, quando o veículo passava em frente a um supermercado, na Avenida Waldemar Alves, sentiu uma picada em seu braço direito.


Ao procurar o que poderia ter provocado a picada, deparou-se com um escorpião amarelo e grande, entre o banco em que estava e o assento ao lado do seu, que estava vazio. Ela tentou matar o escorpião, mas ele fugiu entre as frestas do ônibus e pode ter feito (ou fazer) outras vítimas.


Com muita dor, ânsia de vômito e o braço inchado, Patrícia ligou para o seu pai, ao chegar no terminal, no Centro. Ele a levou ao pronto-socorro municipal, onde relatou o que havia acontecido, mas em vez de ser atendida prontamente, foi orientada a esperar a sua vez.


“O pronto-socorro estava lotado e disseram que eu teria de aguardar pra ser atendida”, contou. “Meu pai ficou muito nervoso e me levou para o Hospital da Unimed”, acrescentou. Lá, ela conta que chegou por volta das 14h e foi atendida na hora. Tomou o soro antiescorpiônico e remédio para dor, ficando em observação até as 19h.


Patrícia está bem e já voltou a trabalhar. No entanto, como ela depende do transporte público para se locomover, conta que, a partir de agora, não senta mais nos bancos do ônibus. “Eu só fico em pé, tenho muito medo de ser picada de novo”.


TUA


O assessor executivo da diretoria da TUA, Arnaldo Matos, ficou surpreso ao saber do caso e disse que a empresa vai intensificar a limpeza dos ônibus. “Temos uma equipe que lava os ônibus e verifica as condições dos veículos, todos os dias. Agora, teremos mais atenção ainda”, afirmou.


Ele também disse que vai verificar a possibilidade de aplicar nos ônibus um veneno que não ofereça risco às pessoas, mas que seja eficaz no combate ao escorpião. O assessor executivo afirmou, ainda, que o chefe de tráfego da empresa vai procurar a vítima para verificar se ela está bem e se precisa de alguma coisa.


PRONTO-SOCORRO


A Organização Social Santa Casa de Birigui, que gerencia os serviços de urgência e emergência da rede municipal de saúde, disse que iria verificar o que houve no atendimento à Patrícia e retornaria com as respostas.


CASOS


Em Araçatuba, 1.075 pessoas foram picadas por escorpião de janeiro até 30 de novembro deste ano, uma média 3,2 incidentes por dia. No ano passado, foram 502.


Recentemente, um menino de nove anos morreu na Santa Casa de Araçatuba, ao ser picado pelo aracnídeo. O caso aconteceu no dia 24 de novembro.


Na semana passada, o Ministério Público instaurou inquérito para apurar possível omissão da Prefeitura de Araçatuba nas ações de combate ao escorpião.


Fonte:www.pragaseeventos.com.br







Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • YouTube Social  Icon

Rodovia PE 53, S/N - Sítio Mojolo Km 25, Feira Nova-PE - CEP 55.715-000

TELS.: (81) 3117.1000 | (81) 3117.1014 - Email: chemone@chemone.com.br

VISITANTE Nº:

© 2020 - CHEMONE INDUSTRIAL QUIMICA DO NORDESTE EIRELI.

CNPJ 03.251.289/0001-00

POR:
ADMA_ÍCONE_GRAFITE.png